**Porque tamanho não é documento e dinheiro não traz felicidade. (Autor desconhecido, pobre e com certeza tem pinto pequeno)** MARMANJJUS O BLOG: Incêndio em favela atinge 200 famílias na Zona Oeste de SP

12 outubro 2009

Incêndio em favela atinge 200 famílias na Zona Oeste de SP

A noticia:
Cerca de 200 famílias tiveram casas destruídas por fogo em favela.
Três pessoas com intoxicação foram socorridas pelos bombeiros.
Segundo a subprefeitura, 600 famílias viviam no local, mas pelo menos 300 teriam se mudado recentemente para conjuntos habitacionais próximos a favela. Do total de 300 famílias que permaneceram no local, pelo menos 200 tiveram os imóveis atingidos pelo fogo.


O foco:
Moradora dos arredores da favela, Maria Aparecida Sousa Reis disse à Globo News que a favela é pequena.
"Da minha casa, posso ver toda a movimentação e muita fumaça. É um incêndio muito grande, mas há poucas casas, porque a favela é pequena. Há várias indústrias aqui perto, é um bairro industrial. A favela está rodeada de indústrias", afirmou Maria Aparecida.
Segundo a moradora, a maioria das casas é de alvenaria e poucas são feitas de madeira.
Ana Paula Martiniano, outra moradora dos arredores da favela, contou que o fogo se espalhou muito rapidamente.
"Agora, as pessoas estão na rua, chorando muito. Está uma situação muito complicada. Muitas pessoas perderam muita coisa. Há uma preocupação e uma tristeza imensa no bairro", diz.


Feridos:
Ainda não há informações sobre possíveis feridos no incêndio. Os bombeiros receberam o chamado sobre a ocorrência às 17h50. Vinte e cinco viaturas foram enviadas ao local.


Transito:
A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) bloqueou, na esquina com a Marginal do Pinheiros, duas vias que dão acesso à favela: as avenidas Alexandre Mackenzie e Dracena. O desvio deve ser feito pela Avenida Jaguaré.

Video
Galeria de fotos
FONTES: Globo.com/G1 Yahoo

Minha opinião:
Em vez de aumentar os salários dos deputados e senadores, eu acho que deveria ser criado um programa de auxílio para famílias de baixa renda para que as mesmas tivessem condições dignas de ter moradia decente para não se amontoar em pequenos barracos sem o mínimo de segurança e o mínimo de descência.
se o governo tivesse esse programa, e se as pessoas tivessem uma opção de viver melhor, com certeza não estariam morando nessas condições e essa tragédia não tinha acontecido.

3 Comentários:

Leonardo disse...

O melhor de tudo, é que a maioria desses moradores, sao de outras regioes do pais, ou seja.

Saem de seus locais, vem para SP, SABENDO QUE NAUM EXISTE MAIS EMPREGO FACIL, invadem um propriedade privada, levantam uma favel,a e fazem uns 5 filhos em media cada um deles.

Ajudar pessoas como essa, so se for para fazer esterelização na base da machadada e colocar todos de volta para a terra deles .

Anônimo disse...

E aí, Leonardo.
Semeador de discódia, né?
Adolescentezinho querendo chamar atenção... esta não cola mais comigo. Duvido que pense assim. Só quer mesmo causar revolta. Apelo ignorado brother.

..............

Vi uma matéria que citava que os governantes e mesmo os habitantes das metrópoles parecem ver as favelas como algo incontornável para a existência da cidade.
Também foi assim com a escravatura e quando ela foi abolida não deixou de haver progresso na cidades.
Assim como a ecologia o fim das favelas será um tema principal no século XXI.

Flávio disse...

Foda que isso só acontece com pobre, nunca vi uma noticia de tragédia envolvendo uma mansão de um granfino da alta sociedade.